finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Tesouro diz que emissão soma US$ 3,25 bi, incluindo Ásia

O Tesouro Nacional informou, na tarde desta quinta-feira, 24, que a operação de gerenciamento de passivo externo atingiu US$ 3,25 bilhões, sendo US$ 1,55 bilhão referente à parcela a ser liquidada mediante pagamento em dinheiro. O restante, de US$ 1,7 bilhão, será liquidado com pagamento em títulos antigos. "Adicionalmente, foram recomprados US$ 500 milhões de títulos antigos que serão liquidados mediante pagamento em dinheiro", disse o Tesouro em comunicado.

RENATA VERÍSSIMO E ADRIANA FERNANDES, Agencia Estado

24 de outubro de 2013 | 17h09

A operação foi concluída mais cedo no mercado asiático, com emissão de US$ 50 milhões em títulos da dívida externa (Global 2025). Outros US$ 3,2 bilhões foram emitidos na quarta-feira, 23, nos mercados europeu e norte-americano. O título, com vencimento em 07 de janeiro de 2025, foi emitido com cupom de juros de 4,25% ao ano e com spread de 180 pontos-base acima da Treasury (título do Tesouro norte-americano).

A emissão, liderada pelos bancos Bradesco BBI, Deutsche Bank e HSBC, saiu ao preço de 99,521% do seu valor de face, resultando em uma taxa de retorno para o investidor de 4,305% anuais. A liquidação financeira ocorrerá no próximo dia 01 e os cupons serão pagos em 07 de janeiro e 07 de julho de cada ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Tesouroemissão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.