seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Tesouro dos EUA adia exposição de plano econômico

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, decidiu adiar para terça-feira (dia 10), a exposição do plano de recuperação financeira para o país, levando em consideração que o Congresso norte-americano e as autoridades do governo Obama precisarão da segunda-feira - data original do anúncio - para debater o pacote de estímulo à economia."Diante do recorde de demissões e das previsões de enfraquecimento da economia, estamos concentrados em trabalhar junto ao Congresso pela aprovação da lei do pacote de estímulo econômico, para que possamos criar os empregos e realizar os investimentos necessários para movimentar nossa economia", disse o porta-voz do Tesouro norte-americano, Isaac Baker, em um comunicado. A expectativa é que Geithner anuncie planos para ajudar os bancos a se desfazerem de ativos podres, além de medidas para evitar a execução de hipotecas e uma nova iniciativa do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) para ressuscitar os empréstimos aos consumidores. Segundo Baker, tanto os planos de estímulo à economia em debate no Senado quanto os de recuperação financeira são importantes no atual contexto de crise. "O plano de recuperação econômica é crítico para conter o avanço da crise", continuou. "Sozinho, no entanto, não vai resolver todos os problemas que nos trouxeram até aqui. Precisamos estabilizar e reparar nosso sistema financeiro para manter o fluxo de crédito do qual dependem famílias e empresas e sustentar nossa economia. O plano que o secretário Geithner apresentará na terça-feira atingirá este objetivo." As informações são da Dow Jones.

GUSTAVO NICOLETTA, Agencia Estado

08 de fevereiro de 2009 | 18h03

Tudo o que sabemos sobre:
criseObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.