Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Tesouro dos EUA anuncia maior lucro de programa ligado à crise de 2008

Contribuintes tiveram um lucro de US$ 25 bi com a compra de títulos hipotecários

Patrícia Braga, da Agência Estado,

19 de março de 2012 | 12h17

WASHINGTON - O Departamento do Tesouro dos EUA anunciou que os contribuintes tiveram um lucro de US$ 25 bilhões com a compra de títulos hipotecários no auge da crise. Este é o maior lucro para qualquer programa ligado à crise de 2008-09. O Tesouro gastou US$ 225 bilhões em compras durante 16 meses dentro do período acima em resposta a crise financeira e colapso no mercado imobiliário do país. Os lucros com as vendas começaram há um ano e são os maiores para qualquer programa atrelado à crise.

"O sucesso dessas vendas marca outro ponto importante nos esforços do governo com os programas emergenciais em resposta à crise financeira", afirmou a secretária assistente do Tesouro para mercados financeiros, Mary Miller. Ela afirmou que as vendas ajudaram a dar suporte ao mercado imobiliário "durante um momento crítico" para a economia.

O anúncio também salienta a extensão na qual o suporte do governo conduziu a recuperação dos mercados financeiros e os custos dos extensos esforços.

As compras de títulos hipotecários foram apenas um dos aspectos da ajuda do governo aos bancos, mercados financeiros e setor imobiliário. O custo relacionado com a decisão do governo de assumir a Fannie Mae e a Freddie Mac foi de US$151 bilhões.

O programa de compra de títulos hipotecários pelo Tesouro ocorreu quando o Federal Reserve está dando suporte ao mercado pela compra e centenas de bilhões de dólares de dívida hipotecária e expandindo os mercados financeiros ao manter a taxa básica de juros próxima de zero. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
tesouroeualucrotítulos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.