Tesouro dos EUA: é preciso cuidado ao remover estímulos

O Tesouro norte-americano avaliou nesta segunda-feira que o sistema financeiro continua frágil e a retirada das medidas especiais de estímulo precisa ser feita com cuidado para não atrapalhar a recuperação.

REUTERS

14 de setembro de 2009 | 13h00

"O processo de saída será prudente, não apressado", comentou o Tesouro em um documento de 51 páginas que resume muitas das ações tomadas no último ano para estabilizar a economia.

O secretário do Tesouro, Timothy Geithner, afirmou em um comunicado que é vital que o Congresso aprove uma reforma regulatória até o fim do ano.

(Por Glenn Somerville)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUATESOURO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.