Tesouro dos EUA: não há pressa sobre plano econômico

A Casa Branca não vai correr para propor um plano de estímulo fiscal que impulsione a economia dos EUA, afirmou o secretário do Tesouro, Henry Paulson. "Trabalhar dentro da situação atual e adotar a política correta é mais importante que anunciar medidas rapidamente", diz Paulson, em trechos de um discurso programado para hoje. O secretário do Tesouro declarou que os serviços de hipotecas devem estar prontos, dentro de algumas semanas, para implantar um plano lastreado em títulos do Tesouro que permitirá que alguns tomadores de empréstimos evitem a execução das hipotecas. "Deixe-me esclarecer que nenhuma ação ou política vai desfazer os excessos dos últimos anos", disse Paulson.Em entrevista na semana passada, o presidente Bush sinalizou que sua administração contemplava um plano de estímulo fiscal, que provavelmente seria anunciado no final de janeiro. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.