Tesouro dos EUA pode assumir participação em bancos

Plano é a alternativa preferida entre as que são discutidas em Washington e em Wall Street, diz 'NYT'

HÉLIO BARBOZA, Agencia Estado

09 Outubro 2008 | 03h49

O Departamento do Tesouro dos EUA pode assumir participações em muitos bancos do país para restaurar a confiança do sistema financeiro, segundo reportagem do jornal The New York Times. O jornal atribui a informação a autoridades do governo, não identificadas. Veja também:Mantega convoca reunião de emergência do G-20 sobre criseFed lidera corte global de juro e taxa cai 0,5 ponto percentualEspecialistas dão dicas de como agir no meio da crise Crise pode trazer executivos brasileiros de volta ao PaísEntenda o pacote anticrise que passou no Senado dos EUA  A cronologia da crise financeira Veja como a crise econômica já afetou o Brasil Entenda a crise nos EUA De acordo com a reportagem, representantes do Tesouro dizem que o pacote de US$ 700 bilhões aprovado na semana passada pelo Congresso dá ao Departamento autoridade para injetar recursos nos bancos que solicitarem ajuda. As autoridades esperam que a medida fortaleça os balanços patrimoniais dos bancos e os convença a retomar a concessão de empréstimos. Isso também concede ao Tesouro o direito de assumir participações nos bancos, disse o jornal.O plano, ainda em seus estágios preliminares, é a alternativa preferida entre as que são discutidas em Washington e em Wall Street, segundo o The New York Times. A medida também acabaria com as preocupações que estão impedindo os bancos de concederem empréstimos uns aos outros ou para os clientes. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
EUATesourobancosparticipação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.