Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Tesouro dos EUA reabre ajuda a bancos pequenos

O governo dos Estados Unidos vai socorrer bancos pequenos com o dinheiro a ser devolvido pelos grandes bancos que já receberam ajuda pública, anunciou ontem o secretário do Tesouro norte-americano, Timothy Geithner. Em discurso na Associação de Banqueiros Comunitários Independentes dos EUA, Geithner disse que não deixará os recursos devolvidos parados e reabrirá o "guichê de solicitações" para bancos com menos de US$ 500 milhões em ativos.

Agencia Estado

14 de maio de 2009 | 10h03

O secretário do Tesouro dos EUA afirmou que, até o ano que vem, a expectativa é que os bancos grandes reembolsem cerca de US$ 25 bilhões aos cofres públicos. Até agora, no entanto, nenhum deles devolveu os recursos recebidos. Alguns dos que passaram com melhor nota pelo recente "teste de estresse", como JPMorgan Chase e Goldman Sachs, já demonstraram a intenção de fazer a devolução assim que possível.

Segundo Geithner, essa manifestação é um sinal de que as condições estão se normalizando o suficiente nos mercados para permitir que os bancos captem capital privado. "Já estamos vendo um substancial ajuste no nosso sistema financeiro", disse. "As partes mais vulneráveis do sistema financeiro não-bancário já não existem mais." Ele repetiu o discurso da administração do presidente Barack Obama de que o sistema financeiro começa a se cicatrizar, embora "o processo de recuperação financeira e reparação vá demorar um certo tempo". O secretário do Tesouro norte-americano disse que ainda há mais mudanças por vir, "mas uma parte substancial do processo de ajuste já ficou para trás". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo, com agências internacionais.

Tudo o que sabemos sobre:
crisebancosTesouro dos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.