Tesouro faz captação de US$ 3,5 bilhões no mercado externo

Operação foi vendida com uma taxa de retorno ao investidor de 5,131% ao ano, a segunda mais baixa da história

Adriana Fernandes e Renata Veríssimo, Agência Estado

23 de julho de 2014 | 19h11

O Tesouro Nacional captou no mercado internacional nesta quarta-feira, 23, US$ 3,5 bilhões em títulos da dívida externa com prazo de vencimento de 30 anos, o Global 2045. Na operação, o Tesouro aceitou como pagamento títulos antigos. O Global foi vendido com uma taxa de retorno ao investidor de 5,131% ao ano - a segunda mais baixa da história. O spread da operação foi de 187,5 pontos-base sobre a taxa dos títulos do Tesouro americano (Treasuries). O preço do papel ficou em 97,992% do seu valor de face. 

O resultado da troca só será divulgado na quinta-feira, 23. O Tesouro informou ainda que a oferta poderá ser estendida ao mercado asiático em até US$ 50 milhões, nas mesmas condições. A avaliação é de que a operação atingiu o seu objetivo.

Mais cedo, o Broadcast, serviço de notícia em tempo real da Agência Estado, havia informado que a expectativa, conforme fontes do mercado, era de que a taxa de retorno da venda dos títulos ficasse abaixo de 5,20%, o que de fato ocorreu.
Tudo o que sabemos sobre:
tesouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.