Tesouro garante que plano de Bush vai acelerar crescimento

No primeiro discurso público desde que tomou posse na semana passada, o secretário de Tesouro dos EUA, John Snow, elogiou o plano econômico do presidente George W. Bush e destacou que é necessário agora acelerar a recuperação econômica. "Hoje, eu gostaria de falar sobre a economia dos EUA, e vou focar o plano de crescimento econômico do presidente Bush, que promete gerar empregos, acelerar nossa recuperação econômica e aumentar nosso crescimento nos próximos anos", disse. Ele garantiu que a economia dos EUA está "se recuperando" e permanece resistente, mas não está crescendo rápido o suficiente.A fala do secretário do Tesouro ocorre dois após o presidente do Federal Reserve (Fed - Banco Central dos EUA), Alan Greenspan, ter tido, no Congresso, que um estímulo fiscal neste momento seria prematuro. Greenspan disse que o pacote de estímulo fiscal de Bush não deveria ser aplicado agora, considerando a dificuldade em avaliar o vigor implícito da economia norte-americana, em meio aos temores sobre uma guerra contra o Iraque.Contudo, Snow disse que o plano da administração é "especialmente favorável" aos trabalhadores e também ajudaria os desempregados, pequenos empresários e idosos. O plano estimularia a criação de empregos por meio da eliminação da dupla taxação sobre os dividendos de ações, disse Snow. "Muitos americanos concordariam que a dupla taxação dos dividendos é injusto. É também uma política ruim", disse Snow. "O efeito líqüido da dupla taxação dos dividendos é que a economia americana cresce mais lentamente do que deveria, porque é mais custoso para as empresas se expandirem e investirem do que seria necessário", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.