Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Tesouro: governo avalia corte de R$ 20 bi no Orçamento

O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, afirmou hoje que o governo continua trabalhando com um corte de despesas de R$ 20 bilhões no Orçamento deste ano, em função do fim da CPMF. O secretário também espera que a arrecadação federal cresça em R$ 10 bilhões e que outros R$ 10 bilhões entrem para os cofres públicos este ano com o aumento da alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e da Contribuição Social sobre lucro líquido (CSLL) sobre o lucro dos bancos. Augustin não quis fazer comentários sobre as negociações para a votação da proposta orçamentária de 2008 no Congresso. "Só vamos fazer análise do orçamento depois que ele for votado", disse. Embora o Tesouro Nacional tenha classificado como atípico a não aprovação do Orçamento da União de 2008, fato que teria contribuído para represar algumas despesas, em janeiro de 2007, o orçamento daquele ano também não tinha sido aprovado. Augustin explicou que como não há ainda o decreto de programação orçamentária para este ano, é normal que algumas despesas não ocorram em janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.