Tesouro Nacional vende títulos pela internet

No primeiro dia de venda de títulos públicos federais através da internet, foram movimentados R$ 328,4 mil, de acordo com balanço parcial do programa ?Tesouro Direto? divulgado no início da noite desta segunda-feira pela Secretaria do Tesouro Nacional.Segundo o levantamento, 34 pessoas físicas adquiriram títulos públicos. Foram vendidos ao todo 376,8 títulos. Segundo o secretário Fábio Barbosa, às 17h30, o sistema informatizado do Tesouro registrava 189 investidores habilitados a efetuarem a compra de papéis pela internet, e 40 agentes de custódia, para operacionalizarem essas compras.Pelo balanço do Tesouro foram registradas operações com todos os papéis oferecidos: Letras do Tesouro Nacional (LTNs) com vencimento em 5/6/2002 e 2/4/2003; Letras Financeiras do tesouro (LFTs) com vencimentos em 21/1/2004 e 17/1/2007; e quatro vencimentos de Notas do Tesouro Nacional da série C (NTN-C), em 1/7/2005, 1/12/2006, 1/4/2021 e 1/1/2031.Ao todo foram registrados 41 negócios, sendo que a LTN com vencimento em 2/4/2003 liderou as negociações, totalizando 18 operações. Houve também uma dispersão em relação à localização geográfica dos compradores dos títulos.Ao todo, pessoas físicas residentes em nove cidades do País efetuaram compras. A maior demanda foi registrada em Brasília, com 13 investidores. Fábio Barbosa considerou que esses resultados são satisfatórios e indicam que o Tesouro está no caminho certo ao ter iniciado o programa de venda de títulos pela internet.

Agencia Estado,

07 de janeiro de 2002 | 21h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.