carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Tesouro: receita cai 1,9% no ano e despesa sobe 16,5%

As receitas do governo central (que reúne as contas do Tesouro Nacional, da Previdência e do Banco Central) tiveram uma queda de 1,9% de janeiro a setembro deste ano, na comparação com o mesmo período de 2008. A informação foi divulgada hoje pelo Tesouro Nacional. Por outro lado, as despesas do governo central cresceram 16,5% no mesmo período. Os maiores aumentos de despesas ocorreram nos gastos com pessoal (19,1%) e com custeio e capital (19,3%).

RENATA VERÍSSIMO, Agencia Estado

29 de outubro de 2009 | 15h52

De janeiro a setembro de 2008, de acordo com o Tesouro Nacional, as receitas cresceram 18,4% em relação ao mesmo período de 2007. Já as despesas aumentaram 10,9% no mesmo período.

Investimentos

Os gastos com investimentos do governo central, de janeiro a setembro deste ano, somaram R$ 20,567 bilhões. O resultado representa um crescimento de 13% em relação ao mesmo período do ano passado.

No mesmo período, os gastos no Projeto Piloto de Investimentos (PPI) foram de R$ 7,267 bilhões, um valor 44% maior que o registrado de janeiro a setembro de 2008, quando os gastos somaram R$ 5,047 bilhões. Apenas no mês de setembro, os gastos com o PPI foram de R$ 1,323 bilhão, ante R$ 965 milhões no mês de agosto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.