Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Tesouro: volatilidade prejudica emissão de dívida externa

O Tesouro Nacional reconheceu hoje que a volatilidade no mercado internacional tem prejudicado o programa de novas emissões de títulos da dívida externa brasileira. "Com o mercado mais volátil, fica difícil a precificação e a emissão dos papéis", disse o coordenador-adjunto de operações da dívida pública do Tesouro, Fernando Garrido. O Tesouro não tem feito emissões para não ter custos maiores do que os necessários, justificou. O coordenador de planejamento estratégico da dívida do Tesouro, Otávio Ladeira de Medeiros, avaliou ainda que, se até o final do ano o Tesouro perceber que há espaço para nova emissão, voltará ao mercado. Trata-se de avaliação "que é feita a cada momento", afirmou.

ADRIANA FERNANDES E RENATA VERÍSSIMO, Agencia Estado

21 de novembro de 2007 | 16h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.