Tesouro volta a leiloar títulos prefixados

Depois de cinco semanas sem vender títulos prefixados, o Tesouro Nacional volta a ofertar ao mercado R$ 1 bilhão de Letras do Tesouro Nacional (LTNs) com prazo de seis meses. A expectativa é grande em torno do resultado do leilão, que será um teste para avaliar as condições de mercado, depois de quase dois meses de forte oscilações nas taxas.A última oferta de prefixados foi no dia 9 de maio. Na ocasião, o Tesouro foi obrigado a recusar todas as propostas das instituições financeiras, que pediam juros elevadíssimos pelos papéis, numa escalada que começou no início de abril.A decisão de voltar a ofertar esses títulos só foi tomada depois que o Tesouro percebeu que havia espaço no mercado para a retomada da estratégia de substituição de papéis pós-fixados por prefixados. Isso porque a expectativa em relação à queda de juros aumentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.