Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Teste no poço de Iracema comprova alta produtividade

A Petrobras anunciou que foram concluídos dois testes de formação no poço de Iracema, localizado na área de avaliação de Tupi, em águas ultraprofundas da Bacia de Santos, e foi constatada "alta produtividade dos reservatórios carbonáticos" do pré-sal. Segundo o comunicado da empresa, em cada um dos dois testes realizados foi medida a vazão da ordem de 5.500 barris por dia de óleo leve (cerca de 32 ºAPI), limitada à capacidade dos equipamentos usados na fase de teste.

AE, Agencia Estado

18 de novembro de 2009 | 20h25

A produção inicial do poço está sendo estimada em até 50.000 barris de óleo por dia, o que comprova, segundo a empresa, a alta capacidade de produção de petróleo leve na área de Tupi. O poço testado, cuja perfuração havia terminado em setembro de 2009, localiza-se em área de avaliação no bloco BM-S-11, em lâmina d''água de 2.210 metros, a cerca de 250 km da costa do Estado do Rio de Janeiro e 33 km a noroeste do poço de Tupi.

De acordo com o comunicado, o consórcio, formado pela Petrobras (65% - operadora), BG Group (25%) e Galp (10%), dará continuidade às atividades e investimentos necessários para a avaliação das jazidas em Tupi, com a perfuração de novos poços até a declaração de comercialidade, prevista para dezembro de 2010.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleoPetrobrasTupi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.