Texto modificado também unifica as linhas existentes

O Manual de Crédito Rural (MCR) também unificará as várias linhas de investimentos, sejam fixos ou semifixos, para a agricultura empresarial. Tudo passa a ter um só prazo. Na agricultura familiar, várias linhas também serão agregadas. Como a intenção é tornar o "prazo de validade maior" do manual, em vez de valores, o documento trará porcentuais como referência.

O Estado de S.Paulo

26 de dezembro de 2011 | 03h04

Para evitar que o MCR ganhe corpo a cada ano, como ocorreu até agora, foi criada uma "sessão transitória" em todos os capítulos, como os que tratam da agricultura familiar, do fundo do café (Funcafé) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por exemplo.

Assim, determinações restritas a uma só safra constarão nesses locais. "Tudo que é temporário fica lá", disse o principal responsável pelas reformulações, Gilson Bittencourt. Caso contrário, o manual fica grande demais e dificulta o entendimento dos leitores. "Vamos simplificar e organizar melhor o material." /C.F. e V.F.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.