Thor vira diretor na EBX Brasil

Filho de Eike terá cargo sem designação específica

O Estado de S.Paulo

18 de setembro de 2012 | 03h08

Thor Batista, o primogênito de Eike Batista, foi nomeado ontem diretor da EBX do Brasil S/A, empresa descrita pela assessoria de imprensa do grupo como "um dos veículos de investimento" da holding EBX, do bilionário.

O nome de Thor foi aprovado para "diretor sem designação específica" na mesma reunião em que o conselho de administração empossou Eike Batista como presidente e Otávio Lazcano como diretor econômico-financeiro e de operações. Ainda segundo a assessoria de imprensa de Eike, Thor, de 21 anos, qualificado na ata do conselho como "empresário", já exercia o cargo de diretor da holding EBX, mas não foi informado desde quando.

O empresário Thor ensaiou sua entrada no negócio de casas noturnas, mas a empreitada não foi adiante. Viu fracassado seu projeto de abrir no Rio uma unidade da badalada boate espanhola Pacha, que anima as noites de Ibiza. Depois de um desentendimento com o sócio Mário Bulhões, o filho de Eike disse, no ano passado, que queria ajudar o pai na IMX, joint venture de entretenimento do grupo EBX com a multinacional IMG.

Até o fim do ano passado, Thor não havia lido um livro sequer, segundo ele mesmo. Quebrou o jejum quando justamente o pai lançou sua primeira obra (O X da Questão, escrito pelo jornalista Roberto D'Ávila), na qual o empresário conta a sua trajetória. / G.G.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.