Thyssen pode anunciar mais 4 mil demissões

O conglomerado alemão ThyssenKrupp fará uma reunião hoje para discutir detalhes de uma dramática reorganização e poderá decidir eliminar mais de 3 mil vagas na divisão de Tecnologias e cortar outras mil vagas na divisão de Serviços, de acordo com o jornal Handelsblatt. A companhia - que possui um projeto em conjunto com a Vale no Rio, a Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA) - está sob pressão de agências de classificação de risco para acelerar sua reestruturação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.