ThyssenKrupp quer US$ 8,8 bi por usinas no Brasil e EUA

O conglomerado industrial alemão ThyssenKrupp quer obter pelo menos 7 bilhões de euros (US$ 8,8 bilhões) por duas usinas siderúrgicas nos EUA e no Brasil, que estão à venda, disse, em entrevista neste domingo, o executivo-chefe da companhia, Heinrich Hiesinger, ao jornal Welt am Sonntag.

RENAN CARREIRA, Agencia Estado

26 de agosto de 2012 | 09h47

Hiesinger afirmou que diversos potenciais compradores se mostraram interessados e agora é preciso aguardar se eles vêm com "boas ofertas". Provavelmente haverá dois diferentes compradores, um para cada usina, disse ele.

O ThyssenKrupp anunciou em maio que iria considerar a venda das duas usinas ou trazer parceiros para melhorar o desempenho delas, após as fábricas perderem cerca de 500 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano comercial da companhia. No ano fiscal em 2011, os prejuízos foram de cerca de 1 bilhão de euros, em parte devido a custos excessivos. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.