TIM está de olho em aquisições no Brasil

O vice-presidente da Telecom Itália (TIM), Carmelo Furci, admite que a empresa olha para algumas oportunidades de aquisições no País. Segundo ele, o Brasil é o segundo foco de interesse do grupo italiano, atrás das operações de seu país de origem. "O Brasil é muito importante para nós. Queremos que a TIM seja líder de mercado; para isso, temos sempre de olhar se há oportunidades de negócios", diz. Questionado se entre as possíveis aquisições está a brasileira Intelig, diz que "nos interessa tudo ligado a telecomunicações." Furci lembra que a subsidiária brasileira terá R$ 2,3 bilhões para suas atividades em 2009.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.