TIM planeja dobrar investimento em atendimento

Em plano apresentado à Anatel, operadora prevê que R$ 451 milhões sejam direcionados este ano para a melhoria imediata da qualidade de atendimento

Eduardo Rodrigues, da Agência Estado ,

24 de julho de 2012 | 15h32

BRASÍLIA - O vice-presidente de assuntos regulatórios da TIM, Mario Girasole, confirmou que a empresa não pretende voltar à batalhar jurídica ainda esta semana, mas ponderou que a estratégia nesse campo será definida durante a visita do presidente da Telecom Italia, Franco Barnabé, a Brasília na próxima semana. "Por enquanto estamos trabalhando na mesa técnica, e não na judicial", afirmou Girasole.

Girasole adiantou que o plano apresentado à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) prevê que R$ 451 milhões dos R$ 3,5 bilhões em investimentos previstos pela TIM este ano sejam direcionados para a melhoria imediata da qualidade de atendimento, dobrando o volume inicial de recursos para esse segmento de atuação. Até 2015, os investimentos previstos pela TIM no Brasil são de R$ 9,5 bilhões.

"O problema hoje é conseguir gastar todos os recursos disponíveis, pois todos sabem que temos problemas para conseguir a instalação de antenas em algumas cidades. Os atrasos de investimentos hoje são mais importantes que o volume de recursos", concluiu Girasole.

O executivo também endossou o discurso do ministro das Comunicações, Paulo Bernanrdo, para quem a resolução do problema precisa passar por meios técnicos e não diplomáticos ou políticos. "Consideramos que estamos no caminho certo para solucionar o quanto antes e 100% do nosso foco está em cumprir fase de apresentação do plano", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
TIMAnatel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.