finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Tire o plug da tomada quando faltar energia

Os cortes no fornecimento de eletricidade só serão confirmados amanhã. Se houver apagões o consumidor deve tomar alguns cuidados com os eletrodomésticos. A queda de energia pode danificá-los, devido a variações de tensão elétrica. A fabricante dos produtos Brastemp e Consul, a Multibrás S. A., dá dicas aos consumidores de como agir na eventualidade de um apagão para preservar os aparelhos. Uma das medidas mais simples é tirar o plug da tomada e só reconectar quando voltar a energia. Como cogitou-se a hipótese de quedas programadas, seria possível prever a hora de desligar os aparelhos. Veja abaixo outras medidas para evitar danos nos eletrodomésticos:- a primeira recomendação é desligar o plug da tomada. Ou desligar o disjuntor do circuito que alimenta o equipamento;- evite abrir e fechas as portas dos refrigeradores e freezers durante o apagão. Assim, é possível garantir um tempo maior de conservação dos alimentos;- no caso de desconectar máquinas de lavar roupas e louças da tomada depois de iniciada a operação, não retire a água. Quando voltar a energia, o ciclo termina a partir do ponto em que parou.- aparelhos de ar condicionado e fornos de microondas também devem ser desconectados. Assim como, televisores, DVDs, aparelhos de som, videocassetes e aparelhos eletroportáteis.- deve-se tomar os mesmos cuidados com computadores que não possuem no break (dispositivo que permite autonomia temporária de energia com tempo suficiente para salvar arquivos e desligar corretamente o computador)A empresa oferece um serviço telefônico para orientar seus consumidores. Na cidade de São Paulo, os telefones são 3116 - 2499 para produtos da Brastemp e 3116 - 2477, para a Consul. Nas demais localidades, a ligação é gratuita nos telefones 0800 900 999 para produtos da Brastemp e 0800 900 777, para Consul.

Agencia Estado,

17 de maio de 2001 | 19h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.