Títulos argentinos despencam após plano de reestruturação

Os títulos argentinos começaram a sofrer o impacto do anúncio do plano de reestruturação da dívida em default, feito hoje de manhã, pelo ministro de Economia, Roberto Lavagna, em Dubai. Os bônus da chamada dívida velha são os mais afetados. Operadores comentavam que a queda dos bônus nas últimas semanas já era o sinal claro da "oferta ruim", mas, após o anúncio, as ordens de venda se multiplicaram. O Global 2008, o bônus mais representativo entre a megatroca do ano 2000, é o mais golpeado, com uma queda de quase 7% em relação ao fechamento de sexta-feira última. O Boden caía 0,46%, enquanto que o FRB registrava baixa de 6,04%. Na semana anterior, este papel acumulou perda de 3,12%. Já o mercado cambial opera com muita tranqüilidade; o dólar se mantém em 2,93 pesos para a venda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.