Títulos brasileiros fecharam em alta e risco país recua

Os papéis mais negociados da dívida externa brasileira fecharam nas máximas do dia. O último negócio com o C-Bond, principal título da dívida brasileira, foi fechado em 97,125 centavos por dólar, alta de 0,71%. Na mínima cotação do dia, o papel caiu a 96,438 centavos por dólar. O Global 40 terminou em 107,40 centavos por dólar, um avanço de 1,23% sobre o fechamento de terça-feira, depois de bater na mínima em 106,00 centavos por dólar. Com a alta dos preços dos títulos brasileiros, o risco País ? taxa que mede a confiança dos investidores estrangeiros na capacidade de pagamento da dívida do Brasil ? estava em queda de 23 pontos em 538 pontos-base por volta das 18h40 (horário de Brasília), tendo variado entre 537 e 556 pontos-base.

Agencia Estado,

03 Março 2004 | 19h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.