finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Títulos de emergentes mantêm ganho após Fed

Os títulos da dívida de países emergentes mantiveram os fortes ganhos acumulados ao longo do mês mesmo após o Fed ter confirmado as expectativas e cortado o juro dos EUA em 0,50 ponto porcentual. O spread de retorno do índice de bônus do JP Morgan (EMBI) caiu em cerca de 3 pontos-base, para 673 pontos-base sobre os títulos comparáveis do Tesouro dos EUA. Logo após o anúncio do Fed, os preços dos títulos soberanos caíram um pouco, mas logo se recuperaram. Os C-bonds brasileiros caíram para 81 3/8 cents por dólar (preço de oferta) próximo ao horário de encerramento da sessão, de 81 3/4 cents por dólar (preço de oferta) registrados pela manhã, quando atingiu o preço mais alto desde a moratória da Rússia em 98. "O movimento do Fed foi antecipado. Agora as pessoas irão pesar o que o Fed fará para melhorar a economia dos EUA", disse o economista senior internacional do Bear Stearns, Tim Kearney. Ao longo dos próximos meses, Kearney acredita que o Nasdaq continuará a subir, graças a taxas de juro mais baixas e perspectivas de redução de impostos no horizonte. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

31 de janeiro de 2001 | 21h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.