Divulgação
Divulgação

Tomate e batata são produzidos na mesma planta na Inglaterra

Empresa de agronegócio garante que sabor melhorou na planta batizada de 'Tomtato', que no Brasil poderia se chamar 'Tontata' ou 'Batamate'

Economia & Negócios,

30 de setembro de 2013 | 13h16

SÃO PAULO - A empresa agrícola britânica Thompson & Morgan desenvolveu uma planta híbrida que produz ao mesmo tempo batatas e tomates.

A experiência não é nova, mas é a primeira vez que pode funcionar em escala comercial.

A nova planta foi batizada na Inglaterra de TomTato, mistura das palavras em inglês  'tomatoes' e 'potatoes'. No Brasil poderia ser chamada de 'tomtata' ou 'batamate'.

Segundo reportagem da BBC, a empresa de agronegócio da cidade de Ipswich disse que as plantas híbridas não foram geneticamente modificadas.

O especialista Guy Barter, da Sociedade Real Horticultural, disse à BBC que está estudando a nova planta com "real interesse".

Ele disse que muitas dessas plantas - criadas por uma técnica conhecida como enxerto - já foram testadas antes, mas até hoje não haviam sido transformadas em um agronegócio rentável.

"Estamos analisando os resultados com interesse real, porque a Thompson & Morgan é uma empresa muito respeitável, e não descartamos que possa ser uma planta muito valiosa para eles", disse Barter.

 

Enxerto. O enxerto é um processo de combinação de duas plantas diferentes para criar uma única. O processo requer habilidade e prática, e é usado por agricultores brasileiros e também por jardineiros.

Pelo processo, é possível combinar as qualidades de uma planta de floração ou frutificação com as raízes de outra, que ofereça força e resistência.

A maioria das plantas precisa ser enxertada dentro de sua própria espécie - como batatas e tomates -, mas às vezes é possível cruzar espécies diferentes.

Paul Hansord, diretor da Thompson & Morgan, afirmou que os tomates da nova planta são mais saborosos que os tomates comuns.

"Tem sido muito difícil conseguir, porque a haste de tomate e a haste de batata têm que ser da mesma espessura no enxerto para funcionar", disse.

A empresa disse que as plantas duram uma safra e, quando os tomates estão prontos para a colheita, as batatas precisam ser desenterradas com as raízes.

Um produto similar, apelidado de "Batata Tom", foi lançado em centros de jardinagem na Nova Zelândia esta semana, informou a BBC.

Boimate. A Thompson & Morgan garante que a experiência é séria e tem objetivos comerciais. Não se trata de uma lenda, portanto, como a que chegou a ser noticiada pela revista Veja em 1983, sobre o 'Boimate', mistura de um pé de tomate com um gene bovino que permitiria produzir carne como se fosse tomate. Tratava-se, como foi esclarecido depois, de uma brincadeira de 1º de abril da revista inglesa New Science.

Mais conteúdo sobre:
agronegócio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.