finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Tombini: real sobe 6% desde início de leilões diários

O programa de leilões diários do Banco Central no mercado de câmbio garante previsibilidade e oferece proteção aos agentes neste período de transição na economia global. A avaliação é do presidente do BC, Alexandre Tombini, acrescentando que o real se apreciou mais de 6% desde o anúncio da autoridade monetária, no último dia 22, de atuações sistemáticas e diárias no mercado cambial.

FRANCISCO CARLOS DE ASSIS, Agencia Estado

12 de setembro de 2013 | 15h29

O BC decidiu há três semanas que injetará US$ 60 bilhões no câmbio até o fim do ano, por meio de leilões de swap (que representam oferta de dólares no mercado futuro) e de linha (venda divisas com compromisso de recompra). A estratégia foi adotada depois de o dólar subir fortemente no início de agosto, chegando a testar um patamar acima de R$ 2,40. A pressão de alta veio do cenário externo, sob receios do começo da redução de estímulos à economia norte-americana, com consequente migração de capital de nações emergentes para os EUA. Nos últimos dias, o dólar se desvalorizou e está cotado abaixo de R$ 2,30.

Na visão de Tombini, o crescimento brasileiro tem se materializado de forma gradual, com destaque para a produção de bens de capital. Segundo ele, a consolidação da economia como um todo e do investimento, em particular, passa pelo fortalecimento da confiança das empresas e das famílias, que mostra recuperação no período mais recente.

O presidente do BC menciona que o crescimento das vendas do varejo, divulgada na manhã desta quinta-feira, 12, pelo IBGE corrobora a melhora da economia e da confiança das famílias. Ele se referiu ao crescimento de 1,9% das vendas do varejo em julho sobre junho e de 6% sobre igual mês do ano passado.

Ainda conforme Tombini, "a condução adequada da política monetária limitará a transmissão da desvalorização do câmbio para a inflação no horizonte relevante". Ele almoçou nesta quarta com representantes de jornais, em São Paulo, e suas declarações no evento foram divulgadas pela assessoria de imprensa do BC.

Tudo o que sabemos sobre:
BCTombini

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.