Mônica Zarattini/Estadão
Mônica Zarattini/Estadão

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Top Picks: Varejo é a principal aposta de corretoras para este começo de junho

Setor se mantém como a recomendação dos analistas, pelo potencial de oferecer uma rápida recuperação no pós-crise e também pela consolidação do e-commerce

Renato Carvalho, O Estado de S. Paulo

05 de junho de 2020 | 21h00

Neste início de junho, as corretoras fizeram muitas mudanças em suas recomendações. E o segmento de varejo é o setor que concentra o maior número de seleções, refletindo a aposta dos analistas na rápida recuperação do segmento após a crise, e na consolidação do comércio eletrônico entre os consumidores brasileiros. Por isso, a maior parte das carteiras têm empresas que são mais fortes em e-commerce.

Em sua lista para o mês, a Ágora Investimentos fez quatro alterações, mantendo somente Totvs ON em relação à maio. Foram incluídas JBS ON, Vale ON, Lojas Americanas PN e Via Varejo ON. Em seu relatório, a corretora aponta indicações de aumento na demanda por telefones celulares, "uma importante categoria online", como um dos fatores para a escolha de Lojas Americans, controladora da B2W. "Até a categoria com a qual estávamos mais preocupados - aparelhos domésticos - continua apresentando bom desempenho", diz o relatório.

Sobre Via Varejo, a Ágora afirma que o desempenho da empresa durante a pandemia de covid-19 tem sido melhor que o esperado. Os analistas continuam enxergando potencial de alta para a ação, podendo retomar o pico de 2020, a R$ 16. Nesta sexta, a ação fechou cotada a R$ 14,85.

Outras duas corretoras elevaram a participação do varejo em suas recomendações. A Planner retirou Odontoprev ON e Vale ON para inserir Centauro ON e Via Varejo ON. Já a Terra Investimentos trocou Cemig PN e Yduqs ON por Carrefour ON e Lojas Renner ON. Mesmo de perfil diferente das empresas mais fortes em e-commerce, a corretora aponta que as duas redes são muito fortes em suas áreas de atuação.

O Santander não fez alterações em sua carteira para a próxima semana, e manteve Lojas Americanas PN na carteira. Além disso, há exposição indireta ao varejo, por meio da operadora de shopping centers Multiplan.

Em sua carteira mensal, o Banco do Brasil Investimentos (BB-BI) fez quatro trocas em relação a maio, mantendo Magazine Luiza ON, mesmo com forte valorização recente. A carteira ainda é composta por Camil ON, CSN ON, Hypera ON e Weg ON.

Quem também aposta no setor de shoppings é a XP, que inseriu Iguatemi ON em sua lista, no lugar de JBS ON. A corretora afirma que a companhia tem um portfólio de alta qualidade, com boa localização e produtividade, além do preço atrativo da ação. A XP ressalta ainda que o setor possui um modelo de negócios mais resiliente em momentos de incertezas. A corretora trocou ainda Vale ON por Eztec ON.

A MyCap fez três mudanças, aumentando sua exposição ao varejo e à demanda doméstica, ao trocar Bradespar PN, JBS ON e Via Varejo ON por Ânima ON, BRMalls ON e Magazine Luiza ON.

A Guide Investimentos também fez três alterações, retirando Movida ON, Rumo ON e Vale ON para as entradas de BRF ON, Klabin Unit e SLC ON.

Nesta semana, a CM Capital estreia na Top Picks, indicando Bradesco PN, BRF ON, Cyrela ON, Gerdau PN e Weg ON. Sobre O Bradesco, a corretora afirma que considerou correta a decisão do banco de aumentar o estoque das provisões para se proteger contra um possível aumento da inadimplência durante a crise.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.