Tóquio fecha em alta de 2,6%

As ações fecharam em alta na Bolsa de Tóquio, com cobertura de posições vendidas diante dos ganhos do dólar e das bolsas de Nova York ontem. O mercado foi impulsionado ainda pelos resultados favoráveis no semestre apresentados pela siderúrgica JFE e pela fabricante de caminhões Isuzu. Ambas também elevaram suas projeções para o ano. O índice Nikkei fechou em alta de 252,10 pontos (2,6%), em 9.865,70 pontos. As blue chips de alta tecnologia lideraram os ganhos na sessão. Os papéis da Tokyo Electron avançaram 3,6% e os da Advantest subiram 3,3%. As ações da NEC operaram em alta de 3,8% e as da Canon registraram valorização de 4,9%. Os papéis da JFE fecharam em alta de 3,1% e da Isuzu subiram 11%. Os papéis de bancos também ganharam, recuperando-se das perdas recentes. O segmento foi alavancado ainda pelo anúncio da Standard & Poor´s de que elevou o rating de curto prazo do Misuho e do UFJ e de que revisou a perspectiva de longo prazo de ambas instituições e ainda do Sumitomo Mitsui para estável, de negativo. As ações da fabricante de cosméticos e de produtos têxteis Kanebo saltaram 15%, após anúncio de um novo plano de reestruturação de seus negócios diante do prejuízo do primeiro semestre, causado por perdas com reformas em suas operações de fibra sintética.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.