Tóquio fecha em queda de 0,1%

As ações fecharam em baixa na Bolsa de Tóquio, depois de um pregão intenso e de realização de lucros em papéis de seguradoras e de companhias com negócios relacionados à demanda doméstica. Segundo traders, os investidores demonstraram preocupação com a sequência de cinco pregões consecutivos de alta. O índice Nikkei fechou em baixa de 9,59 pontos (0,1%), em 11.351,92 pontos. O giro financeiro nesta quarta-feira foi o maior desde 24 de setembro do ano passado. Apesar da pressão, o número de ações que subiram superou o número das que caíram, refletindo forte interesse por papéis subvalorizados pelos investidores estrangeiros. Entre as ações de seguradoras que perderam estiveram as da Mitsui Sumitomo Insurance, que caíram 2,8%, e as da Millea Holdings, que declinaram 2,6%. Papéis de algumas montadoras e de companhias de alta tecnologia avançaram acompanhando a valorização do dólar. As ações da Honda somaram 0,2% e as da Nissan avançaram 0,7%. O setor de aço caiu na expectativa do anúncio amanhã das projeções de resultado para o atual ano fiscal. As ações da Nippon Steel recuaram 0,9% e as da JFE Holdings recuaram 1,2%.

Agencia Estado,

03 Março 2004 | 08h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.