Tóquio fecha em queda de 0,5%

As ações negociadas na bolsa de Tóquio fecharam de forma mista, com o mercado pressionado pela venda de contratos futuros e por um pequeno movimento de realização de lucros, apesar dos ganhos de papéis de exportadoras automobilísticas e de empresas de alta tecnologia. O índice Nikkei 225 fechou em baixa de 0,45%, ou 52,41 pontos, em 11.718,24 pontos. As ações do grupo de investimento em Internet Softbank fecharam com ganho de 3,5%, no encalço da Yahoo Japan, que disparou 9,4%, ultrapassando a Canon e a Honda em capitalização de mercado. Canon subiu 1,9%, enquanto Honda Motor avançou 0,4%. Os operadores disseram que a queda do Nikkei foi pequena e que o índice ainda poderá chegar ao nível de 12 mil pontos. "Não há motivo para ser pessimista com o Nikkei", disse um corretor. "Alguns investidores apenas cansaram-se de comprar esta tarde e começaram a realizar lucros." A desvalorização do dólar frente ao iene ainda preocupa um pouco, mas o Nikkei pode atingir um novo recorde de alta no ano esta semana, pois os participantes esperam dados fortes da pesquisa tankan sobre o sentimento corporativo, que será divulgada pelo Banco do Japão na próxima quinta-feira. Os papéis da fabricante de autopeças Tokico dispararam 24,3%, depois de ter anunciado na sexta-feira que será absorvida pela Hitachi em 1º de outubro. Com a transação, a Hitachi espera ampliar suas operações com sistemas automotivos, e terá de fazer investimentos maiores que os ganhos de receita durante os próximos dois anos, afirmou o analista Steven Myers, do HSBC. As ações da Hitachi caíram 0,6%.

Agencia Estado,

29 Março 2004 | 08h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.