Tóquio sobe 0,5% com cautela ante G-20

Bolsa encerrou o pregão aos 9.426,71 pontos

Hélio Barboza, da Agência Estado,

22 de outubro de 2010 | 06h50

A Bolsa de Tóquio fechou em alta, em meio a um volume de negócios relativamente fraco ante um misto de cautela e otimismo em relação às projeções de lucro das empresas japonesas, ao mesmo tempo em que começava na Coreia do Sul a reunião dos líderes financeiros do G-20. O índice Nikkei 225 ganhou 50,23 pontos, ou 0,5%, para 9.426,71 pontos.

Os players se mostraram relutantes em tomar posições antes do resultado da reunião. Os participantes do encontro devem discutir políticas cambiais destinadas a impulsionar as exportações de determinados países. "A questão mais importante é se o iene vai se depreciar contra o dólar depois da reunião", disse Yutaka Miura, analista da Mizuho Securities.

As ações de algumas empresas exportadoras avançaram na esteira da alta do euro diante do iene e do dólar, que se seguiu à divulgação da carta do secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, aos seus colegas do G-20, pedindo que eles "comprometam-se a se abster de políticas cambiais elaboradas para conseguir vantagem competitiva, seja pelo enfraquecimento de suas moedas ou por impedir a apreciação de uma moeda subvalorizada". As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.