Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Torço para que não haja demissão na Sadia/Perdigão, diz Lupi

Ministro do Trabalho afirma que ainda não foi procurado para tratar da fusão entre as duas empresas

Isabel Sobral, da Agência Estado,

18 de maio de 2009 | 13h27

O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, afirmou que torce para que a fusão entre as empresas Sadia e Perdigão, que pode ser confirmada ainda nesta segunda-feira, 18, não represente demissões. Segundo o ministro, nenhum representante das duas empresas procurou o ministério até o momento para tratar do tema.

 

Veja também: 

especialEspecial sobre a fusão entre Perdigão e Sadia

especialLinha do tempo das empresas

especialO tamanho das empresas e seus desafios no exterior

 

Lupi disse não descartar a possibilidade de ser procurado pelas duas empresas para negociar alguma reestruturação que implique nível de emprego. "Nessas fusões há normalmente sobreposição de departamento, mas eu torço e espero que não haja demissões porque o setor de frigoríficos está se recuperando. Espero que eles, com a fusão, só cresçam", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.