Total emprestado pelos bancos cresceu 21,5% em 2005

As operações de crédito do sistema financeiro fecharam 2005 em 31,3% do Produto Interno Bruto (PIB), segundo informação divulgada hoje pelo Departamento Econômico (Depec) do Banco Central (BC). Em 2004, os empréstimos bancários correspondiam a 27% do PIB e estavam em R$ 499,604 bilhões. No passado, o crédito bancário ficou em R$ 606,874 bilhões. O valor, de acordo com o Depec, representa uma expansão acumulada em todo o ano de 2005 de 21,5%. No último mês do ano passado, o crédito experimentou expansão de 2,8%. A base monetária (papel-moeda emitido mais reservas bancárias) teve expansão de 15,5% em dezembro no conceito de média dos saldos diários. Com a variação, o saldo da base monetária pela média fechou 2005 em R$ 98,306 bilhões com expansão acumulada de 12,6% em todo o ano passado.Apesar da alta, o valor do saldo da base terminou 2005 dentro do intervalo de variação fixado pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) para o último trimestre do ano entre R$ 86,5 bilhões e R$ 117,1 bilhões. No final de período (ponta), a base teve aumento de 18,4% no último mês do ano passado e passou dos R$ 85,515 bilhões de novembro para R$ 101,247 bilhões. Em todo o ano passado, a base teve expansão de 14,1%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.