Tourinho: queda no petróleo não afeta gasolina

A queda da cotação do barril de petróleo no mercado internacional para a faixa de US$ 25 não terá influência imediata no preço dos combustíveis. A avaliação é do ministro de Minas e Energia, Rodolpho Tourinho. "O governo federal estipulou que os preços dos combustíveis sejam reavaliados em abril de 2001, considerando os preços adotados pelo mercado durante o primeiro trimestre. Esta alteração do preço do petróleo é um fato de momento, mas é evidente que se a cotação internacional permanecer no atual patamar e o câmbio não sofrer grandes oscilações, o preço dos combustíveis deverá cair", afirmou.

Agencia Estado,

21 de dezembro de 2000 | 07h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.