Toyota do Brasil dá salto de 341% nas vendas do 1º semestre

O resultado das vendas de automóveis no primeiro semestre deste ano foi desanimador para praticamente todas as montadoras. A exceção foi a japonesa Toyota. Dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) sobre o licenciamento de automóveis novos, indicativo das vendas internas, mostram que a Toyota do Brasil vendeu 15.166 veículos de janeiro a junho deste ano, com aumento de 341,6% em relação ao mesmo período em 2002. Somente em junho, a empresa registrou o licenciamento de 2.780 veículos, 635% a mais do que no mesmo mês do ano passado. Foi, de longe, o crescimento mais expressivo entre todas as montadoras. Segundo a empresa, o sucesso se deve ao novo Corolla, um veículo médio comercializado na faixa entre R$ 38 mil e R$ 48 mil e produzido na fábrica da empresa em Indaiatuba (SP). O sedan é o atual líder de mercado no segmento de veículos sofisticados, com 39,2% de participação, e o oitavo automóvel mais vendido no País. E sua fatia de mercado tem crescido. Em fevereiro, o novo Corolla tinha 29,1% de mercado nessa faixa de preço.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.