Toyota pára produção de caminhões em fábrica nos EUA

A Hino Motors Ltd., subsidiária de caminhões da Toyota, vai parar de fabricar caminhões em umas de suas fábricas nos Estados Unidos, à medida que os preços do petróleo aumentam e a crise de crédito afeta a demanda, disse nesta quinta-feira Hidenobu Tezuka, porta-voz da companhia.A produção de caminhões na TABC, a fabricante de peças da montadora em Long Beach, Califórnia, que tem uma linha de montagem para os caminhões da Hino, será transferida em julho para outra fábrica da Hino, em West Virginia, disse Tezuka.A Hino produziu 4.800 caminhões no ano fiscal encerrado em 31 de março na fábrica da Califórnia, que continuará a fabricar peças para a Toyota. A montadora japonesa possui 50,11% de participação na Hino Motors.A fábrica da Hino em West Virgínia tem uma capacidade de produção anual de 2.500 veículos, mas produziu somente 300 caminhões no ano fiscal 2007.A Hino também tem uma terceira fábrica em Ontário, no Canadá, que produziu 1.300 caminhões no ano fiscal 2007.Com a paralisação da produção na Califórnia, a capacidade de produção anual da Hino na América do Norte cairá de 9.500 para 4.500 caminhões ao ano.As vendas da Hino na América do Norte registraram queda recentemente, prejudicadas pela alta dos preços dos combustíveis e pela desaceleração da economia provocada pela crise no crédito subprime. As vendas regionais no ano fiscal 2007 caíram 19%, para 6.600 caminhões, ante 8.200 caminhões no ano anterior.As vendas da Hino têm sido favorecidas em outras regiões do mundo, incluindo o Sudeste da Ásia, a América do Sul e o Oriente Médio, mas a fabricante americana tem sido um ponto sensível, afirmou Tezuka. As informações são da Dow Jones

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.