Toyota pretende construir novas fábricas na China e do México

A Toyota Motor Corp pretende construir novas fábricas na China e no México, para melhor competir com a Volkswagen e outras montadoras globais, disse o jornal Nikkei em sua edição desta sexta-feira. Segundo a reportagem, o anúncio da montadora japonesa deve ser feito no final do mês.

Estadão Conteúdo

03 de abril de 2015 | 12h21

A Toyota deve investir cerca de 150 bilhões de ienes (US$ 1,15 bilhão) nas novas fábricas, que devem ser abertas em 2018 na China e em 2019 no México. Juntas devem elevar a capacidade de produção anual de automóveis da Toyota em até 300 mil veículos.

Estas serão as primeiras novas fábricas da Toyota desde 2013, quando, após construir uma unidade na Tailândia, adotou uma nova política focada na lucratividade.

A fábrica chinesa será construída na cidade de Guangzhou, onde a Toyota possui um joint venture com o Guangzhou Automobile Group. No México, a nova fábrica no estado de Guanajuato terá capacidade de produção de 200 mil automóveis ao ano. Fonte: Dow Jones Newswire

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.