Toyota vê queda de 20% em sua produção mundial em 2009

No Japão, produção pode cair abaixo de 3 milhões, nível necessário para manter emprego de 70 mil funcionários

Efe,

26 de janeiro de 2009 | 07h03

A Toyota Motor espera produzir 6,5 milhões de veículos no mundo este ano, uma queda de mais de 20% em relação às 8,2 milhões de unidades do ano passado, publicou o jornal Chunichi.   Veja também Desemprego, a terceira fase da crise financeira global De olho nos sintomas da crise econômica  Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à crise    O montante será o menor volume de produção desde 2003 e 2004, informa o diário de atuação regional onde a Toyota mantém sua principal base industrial.   A Toyota está definindo meta de vendas globais para o ano de cerca de 7 milhões de veículos. O volume menor também atende a um alto nível de estoques que precisa ser liberado, segundo o jornal.   No Japão, a Toyota planeja corte de produção para cerca de 3 milhões de veículos, menos que uma estimativa de 4 milhões do ano passado, publicou o Yomiuri Shimbun nesta segunda-feira.  Um porta-voz da Toyota informou que a empresa ainda não definiu uma previsão oficial.   Se as condições globais do mercado de veículo piorarem, a produção da Toyota no Japão poderá ser reduzida abaixo das 3 milhões de unidades, nível considerado como mínimo para manutenção dos atuais funcionários contratados por tempo integral, informou o Yomiuri.   Poderá ser a menor produção da Toyota no Japão desde 1979, quando o volume fabricado foi de 2,99 milhões de unidades.

Tudo o que sabemos sobre:
crise financeira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.