carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Trabalhador chinês deve superar brasileiro até 2010

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) estima que a produtividade de um trabalhador chinês irá superar a de um brasileiro até o fim da década. O valor agregado produzido por um trabalhador na China passou de US$ 6,3 mil para US$ 12,5 mil entre 1996 e 2005, um crescimento de 9% ao ano. Em 2005, a produtividade de um brasileiro era de US$ 14,7 mil por ano. A produção média mundial foi de US$ 19,8 mil por trabalhador em 2005, contra US$ 15,8 mil dez anos antes. ''''O que explica a situação na China é o governo aliar investimentos estrangeiros à educação'''', afirma José Salazar, diretor executivo do Departamento de Empregos da OIT. Com a maior produtividade vem também maiores salários na China. ''''O país terá a maior classe média do mundo em 2015, com 300 milhões de pessoas.''''

O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2003 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.