finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Trabalhadores da Embraer entram em greve por 24 horas

Trabalhadores da Embraer iniciaram nesta quinta-feira,31, paralisação de 24 horas para pressionar a empresa a aumentar a proposta de reajuste salarial, informou, em nota à imprensa, o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região. A Embraer confirma a greve dos funcionários, mas fornecerá mais detalhes ao longo do dia.

WLADIMIR D'ANDRADE, Agencia Estado

31 de outubro de 2013 | 10h44

O sindicato afirma que a paralisação afeta 100% da produção e administrativo da empresa. Na unidade da Embraer trabalham perto de 11 mil pessoas, informa a entidade.

Esta é a terceira vez somente no mês de outubro que os trabalhadores da Embraer protestam. Eles rejeitam proposta de reajuste de 6,07% referente à inflação de setembro de 2012 a agosto de 2013 mais 0,5% de aumento real a ser aplicado somente em janeiro. A categoria alega que em outros grupos de metalúrgicos os acordos foram fechados com aumento de 8%.

Tudo o que sabemos sobre:
greveEmbraer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.