Trabalhadores dos Correios param em 18 Estados e DF

Os trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) aprovaram na noite de ontem greve por tempo indeterminado em pelo menos 18 Estados e no Distrito Federal.

O Estado de S.Paulo

19 de setembro de 2012 | 03h04

Conforme balanço parcial, aprovaram a paralisação a partir de hoje os trabalhadores das seguintes unidades da Federação: Alagoas, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins. Em Minas Gerais e no Pará, a categoria já havia iniciado a greve na semana passada.

Dos 35 sindicatos da categoria, 10 ainda farão assembleias entre hoje e o próximo dia 25.

Os Correios garantem ter um plano de contingência para manter a prestação de serviços à população. Fazem parte do plano medidas como a realocação de empregados das áreas administrativas, a contratação de trabalhadores temporários e realização de horas extras e mutirões para triagem e entrega de cartas e encomendas nos fins de semana. / AGÊNCIA BRASIL

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.