Trabalhadores fazem manifestação diante da Granja do Torto

A Confederação Nacional do Comércio e Serviços, ligada à CUT, promove manifestação em frente à Granja do Torto, residência oficial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com o objetivo de pedir apoio do governo federal para acabar com o trabalho aos domingos e feriados. A previsão da organização é de que 300 pessoas participem do manifesto.A presidente da Confederação, Lucilene Moro, explicou que o ato pretende mostrar ao governo que desde 1997, quando a Medida Provisória que obriga o comércio a abrir aos domingos e feriados começou a valer, não aumentou o número de empregos. "Essa MP foi aplicada com o intuito de gerar novos postos de trabalho, mas infelizmente isso não aconteceu. As pesquisas do Dieese mostram que o número de empregados nas 300 maiores empresas supermercadistas caiu em 3% por loja", disse. As informações são da Radiobrás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.