finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Transpetro mostra novo transporte de álcool em setembro

A Transpetro vai apresentar ao mercado no início de setembro um novo serviço de transporte de álcool combustível no interior de São Paulo para o mercado externo. A idéia é abrir para empresas privadas o sistema logístico hoje já utilizado pela Petrobras, transportando o combustível por caminhões até Paulínia e por dutos até o terminal da Ilha d''''água, na Baia de Guanabara. O diretor de dutos e terminais da Transpetro, Marcelino Gomes, promete uma economia de até 30% no custo do transporte. "Pegamos o álcool na usina e colocamos em um navio para exportações", disse. Segundo ele, o terminal de Ilha d''''água tem vantagem sobre o Porto de Santos, atualmente usado para exportação de álcool, porque não há tempo de espera para atracação de navios. A Transpetro tem hoje capacidade para movimentar dois bilhões de litros de álcool por ano. Gomes participa do seminário sobre o mercado de álcool promovido pela Câmara Britania de Comércio, onde apresentou um novo projeto de duto para transporte de álcool no Brasil, ligando Cuiabá ao Porto de Paranaguá, no Paraná. A idéia é que o duto fique pronto até 2012, dependendo das necessidades do mercado externo. Com o novo sistema de transporte, mais o duto ligando Goiás a Paulínia, a Transpetro espera aumentar sua capacidade de movimentação de etanol para 12 bilhões de litros ano.

NICOLA PAMPLONA, Agencia Estado

23 de agosto de 2007 | 12h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.