Trégua em NY favorece Bovespa

Recuperação de ações em Wall Street coloca Bolsa paulista no rumo de alta; dólar e juros também avançam

Claudia Violante, Paula Laier e Denise Abarca, O Estadao de S.Paulo

23 de outubro de 2007 | 00h00

A recuperação das bolsas americanas ontem à tarde permitiu à Bovespa inverter o sinal de queda e fechar com ganhos. A desaceleração das perdas expressivas que ações da Petrobras e Vale do Rio Doce mostravam pela manhã destacou a elevação de outros papéis do Ibovespa, que subiu 0,53%, a 61.215,1 pontos. A valorização do dólar também perdeu força. A moeda no balcão avançou 0,66%, a R$ 1,818, e 0,75% na BM&F, a R$ 1,817. Em Nova York, o bom desempenho das ações de tecnologia impulsionou o Nasdaq, que subiu mais de 1%, o que, por sua vez, repercutiu favoravelmente sobre o Dow Jones e o S&P 500. Os juros futuros foram pressionados pela aversão ao risco por ativos prefixados, que reflete a decisão do Copom de suspender a queda da Selic e também as incertezas do ambiente externo. O contrato para janeiro de 2010 encerrou em 11,76%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.