Trem mais rápido do mundo será ampliado até 2010

O trem de levitação magnética de Xangai, o único do mundo em uso comercial até agora e o mais rápido do planeta, unirá esta cidade com a vizinha Hangzhou, a 170 quilômetros de distância, antes da Exposição Universal de 2010, revelou hoje o jornal Xangai Daily.Segundo disse um parlamentar da cidade à Assembléia Nacional Popular (ANP, legislativo), que celebra seu plenário anual esta semana em Pequim, as obras começarão em 2006.O trem, conhecido como "maglev" (abreviatura de "levitação magnética", em inglês) já liga Xangai a seu aeroporto internacional, a quase 40 quilômetros de distância, em menos de 8 minutos.Aproximar Hangzhou de Xangai pode ser um importante alívio na hora de acomodar e transportar os cerca de 70 milhões de visitantes que a metrópole oriental espera receber durante os seis meses da Expo.InvestimentosAlém disso, as autoridades esperam que a obra contribua para impulsionar os investimentos e o crescimento econômico do delta do rio Yang-tsé, em torno de Xangai - a área mais desenvolvida e atrativa para o capital estrangeiro de toda a China.O trajeto até Hangzhou, com a tecnologia do consórcio alemão Transrapid (Siemens e Thyssen Krupp), permitirá ao "maglev" alcançar os 470 quilômetros por hora e percorrer a distância em 26 minutos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.