Três frigoríficos de Maringá suspendem abate de bovinos

Os três frigoríficos de Maringá suspenderam o abate de bovinos por causa da suspeita da febre aftosa no Paraná, anunciada sexta-feira. Esses frigoríficos são responsáveis por 90% de toda a carne exportada pelo Estado. O maior deles exporta 9 mil toneladas por mês. Maringá é a principal cidade da região noroeste, onde estão três das quatro fazendas onde foram detectados 19 animais com sintomas da doença. O resultado dos exames feitos nesses animais podem ser divulgados ainda nesta segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.