Trevisan diz que problema da economia é o juro não o câmbio

O presidente da Trevisan Consultores, Antoninho Marmo Trevisan rebateu nesta sexta-feira as reclamações dos empresários de que a atual política cambial do governo Lula está equivocada. Segundo ele, a sustentação das exportações deve acontecer pela adequação de impostos e redução de juros e não pelo gerenciamento do câmbio. "O câmbio está bem cercado. O nosso problema central está nos juros", disse.Para ele, a política monetária adotada pelo Banco Central vai contra o desejo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em incentivar empresários a investirem no País. Trevisan também criticou a "maneira como se trata a tributação da receita das empresas", em especial em relação ao aumento da de 3% para 7,6%. "Essa decisão foi um desastre, um equívoco e está errada sob o ponto de vista técnico", afirmou. Na opinião dele, ajustar a carga tributária "sob a ótica fiscalista" é uma política inadequada, que retira a competitividade das empresas. Para ele, o Brasil "despreza" o setor de serviços, "propulsor da economia mundial".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.