TRF derruba liminar que suspendia leilão de rodovias do PR

Com a decisão, todos os 7 trechos de rodovias que o governo pretende licitar serão oferecidos aos investidores

Leonardo Goy, da Agência Estado,

09 de outubro de 2007 | 11h28

A desembargadora federal Sílvia Goraieb, presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região (Porto Alegre), suspendeu na manhã desta terça-feira, 9, a liminar concedida na segunda pela Justiça Federal do Paraná que tirava do leilão de rodovias federais os três lotes com trechos que cruzavam o território paranaense. Veja também:No leilão de rodovias, vence quem oferecer pedágio menorLeilão de rodovias federais atrai 28 grupos A concessão de rodovias federais   Com a decisão do TRF de Porto Alegre, todos os sete trechos de rodovias que o governo pretende licitar nesta terça poderão ser oferecidos aos investidores. A liminar derrubada impedia que o governo leiloasse a Régis Bittencourt (que liga São Paulo a Curitiba); a BR 116, de Curitiba à divisa RS/SC; e a interligação Curitiba-Florianópolis (BRs 101 e 376). O leilão acontece a partir das 14 horas, na Bovespa.

Tudo o que sabemos sobre:
Leilão de rodovias

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.