finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Trichet evita falar sobre moedas

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, evitou comentar casos específicos de moedas afetadas pela volatilidade nos mercados cambiais. Questionado pelo ?Estado? sobre as declarações no domingo do diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn - que disse que o dólar canadense, o euro e o real são as moedas que sofrem a maior pressão de valorização pelos recentes movimentos nos mercados de câmbio -, Trichet repetiu suas recentes declarações genéricas sobre o tema. "Eu não vou acrescentar ao que já disse", afirmou. "Ou seja, que movimentos abruptos e agudos (nos mercados cambiais) não são bem-vindos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.